“Sindicato Campesino de Souto” [Moinhos]

Recuperar e estudar a cartografia sociopolítica do quinquênio republicano, que o franquismo pretendeu eliminar, e o postfranquismo teima em reduzir aos elitistas espaços académicos, é também umha tarefa do Comité pola Memória Histórica do Val do Límia. Entre fevereiro de 1936 -após a vitória eleitoral da Frente Popular e o golpe de estado de 18 […]

Le mais “Sindicato Campesino de Souto” [Moinhos]
Setembro 23, 2019

Aproximaçom biográfica de Lino Tejada Rodríguez

Avançamos a introduçom do artigo de Carlos Morais, publicado no nº 14 da revista Lethes Cadernos culturais do Límia, que proximamente será apresentada publicamente. De filho da nobreza fidalga do Val do Límia a Governador Civil do Alacant da resistência republicana APROXIMAÇOM BIOGRÁFICA DE LINO TEJADA RODRÍGUEZ Entre as lembranças gravadas a lume da minha […]

Le mais Aproximaçom biográfica de Lino Tejada Rodríguez
Setembro 23, 2019

Poema antifascista de Rochi Nóvoa

Divulgamos o poema da Rochi Nóvoa, escrito para a homenagem antifascista do Val do Límia, recitado 14 de setembro na curva de Fontaboa. A dó, sempre cumpre o que promete Ninguén lembra xa que elas pasaron cunha luz, cunha dor e un soño por un tempo amargo… Ninguén se lembra que tiñan cheos de amor […]

Le mais Poema antifascista de Rochi Nóvoa
Setembro 23, 2019

Poema “A loita continúa”

Divulgamos o poema “A loita continúa”, adatado por Claudio Rodriguez Fer para a homenagem antifascista do Val do Límia, recitado a duas vozes com Carmen Blanco. A LOITA CONTINÚA Dende o cerebro do primeiro homínido que tivo conciencia solidaria cando viu en perigo a outro ser vivo e tratou de socorrelo, a loita continúa. Dende […]

Le mais Poema “A loita continúa”
Setembro 23, 2019

Discurso de Carlos Morais na homenagem antifascista no Val do Límia

Por fim estamos aqui! Esta merecida e necessária homenagem aos melhores homens e mulheres do Val do Límia, que perdérom o mais prezado que possuiam -a sua vida-, por ter defendido a liberdade e a justiça social, tinha que ter sido celebrada há quarenta ou há trinta anos. Umha complexa combinaçom de factores nom permitiu […]

Le mais Discurso de Carlos Morais na homenagem antifascista no Val do Límia
Setembro 16, 2019

Discurso de Davide Pérez de benvida e apertura do acto de inauguración do monólito adicado ás vítimas do fascismo do Val do Limia

Estimadas amigas, amigos, veciñas, veciños, artistas e familiares das vítimas da represión, fuxida ou exilio dos milleiros de vilipendiados polo réxime terrorista e sanguinario de Franco, BENVIDAS TODAS E TODOS. Hoxe é un día no que imos tratar de dignificar ás vítimas. Un día histórico no que todos imos participar conxuntamente. O acto proseguirá seguindo […]

Le mais Discurso de Davide Pérez de benvida e apertura do acto de inauguración do monólito adicado ás vítimas do fascismo do Val do Limia
Setembro 16, 2019

Val do Límia honrou e dignificou as vítimas do fascismo que teimam ocultar

Eram as 17.30 da tarde do inesquecível sábado 14 de setembro, quando dava início a homenagem às vitimas do fascismo no Val do Límia. Após soar o Hino do Antigo Reino da Galiza, Davide Perez abre o ato com o discurso de bem-vindas, em representaçom do Comité pola Memória Histórica do Val do Límia. Centenares […]

Le mais Val do Límia honrou e dignificou as vítimas do fascismo que teimam ocultar
Setembro 16, 2019

Carta de José Perdiz lembrando o seu antigo mestre de Ranhadoiro

Divulgamos a carta escrita em junho de 2007 por José Perdiz, lembrando o seu antigo mestre de Ranhadoiro. Eloy Tejada Sáenz estivo ao cargo desta escola do concelho de Moinhos [Val do Límia], entre setembro de 1931e abril de 1934. Convalecente de umha doença pulmonar, foi sacado do hospital e fusilado na Barranca, Lardero [La […]

Le mais Carta de José Perdiz lembrando o seu antigo mestre de Ranhadoiro
Setembro 11, 2019

Pomos-lhe rosto a Jenaro Alonso Santos

Continuamos pondo-lhe rosto aos antifascistas do Val do Límia. Divulgamos fotografias de Jenaro Alonso Santos, padeiro e vizinho de Mexide de 28 anos, executado polo fascismo 30 de julho de 1936 na curva de Fontaboa. Sabemos que em 1934 exercia de praticante em Lisboa. Val do Límia nom esquece! Honra e glória!

Le mais Pomos-lhe rosto a Jenaro Alonso Santos
Setembro 11, 2019